Tendências de RH 2020

A quantidade de transformações que vivemos nesta última década foi equivalente a metade das transformações que vivemos na matade do século XX. Rápidas transformações acontecem o tempo todo e toda empresa precisa aprender a atuar no ambiente “VUCA”, da sigla em Inglês. Continue lendo...

Tendências de rh para 2020

A quantidade de transformações que vivemos nesta última década foi equivalente a metade das transformações que vivemos na matade do século XX. Rápidas transformações acontecem o tempo todo e toda empresa precisa aprender a atuar no ambiente “VUCA”, da sigla em Inglês. Volatility, Uncertainty, Complexity, Ambiguity. Para atuar em um cenário, volátil, incerto, complexo e ambíguo, onde a concorrência por novas oportunidades é global, é importante ter sempre um olhar mais à frente, mirando nas tendências. As inovações surgem em um ritmo acelerado e a mudança na relação entre profissionais e empresas transformou o papel do RH nas corporações – que é cada vez mais estratégico. Para ter uma perspectiva de como será o RH em 2020, a DNA Recursos Humanos analisou as pesquisas do Catho para tomar conhecimento de como será o cenário deste ano, processos para melhorar a empresa e a estratégia para este novo ano, apontando as principais tendências para a área de Recursos Humanos. Confira quais são os principais passos para a retenção de talentos para a sua empresa, aplicação da tecnologia e dados de pesquisa.

Principais desafios dos profissionais de RH

Segundo o relatório Predictions 2020 da consultoria Forrester, 2020 será o ano em que a adaptabilidade chamará atenção – a capacidade de entender e antecipar a dinâmica do mercado para explorar rapidamente todas as oportunidades, sejam elas grandes ou pequenas. Ser adaptável e flexível pode ser crucial para encarar os desafios que não param de surgir. Como empresas são formadas por pessoas, com histórias, formações e crenças diferentes. Por isso, saber comunicar, engajar, inspirar e motivar os profissionais são habilidades importantes para o desenvolvimento de bons líderes, capazes de impulsionar o time para colocar boas ideias em prática em busca dos melhores resultados. Empresas que conseguem criar conexões emocionais com seus funcionários tendem a ter profissionais comprometidos e dedicados com seus objetivos compartilhadas com a empresa, o que melhora o ambiente de trabalho e a produtividade de todos. Um dos principais critérios que os empreendedores e gestores de RH precisam ter em mente em na hora de contratar em 2020.

Talentos e funcionários

Alguns pontos delicados podem fragilizar a sua empresa, por exemplo, a rotatividade de funcionários que podem circular por ela entre a contratação e o de desligamento podem trazer uma série de danos e prejuízos, com o custo das verbas rescisórias, no clima organizacional, podendo também causar queda de produtividade e etc. Empatia e humanização podem diminuir o índice de turnover, pois a empresa se preocupa com o bem estar e motivação dos funcionários. Pesquisas apontam que uma organização que tem uma marca empregadora mais forte que seus concorrentes pode reduzir, em média, 43% no custo por candidato contratado. Em 2020, as empresas precisam investir em ferramentas que coloquem a comunicação e a transparência no centro das organizações, pois o nível de confiança de confiança do colaborador é outro ponto cada vez mais observado. É preciso que o funcionário confie na empresa em que presta seus serviços, na cultura organizacional e principalmente, em seus líderes. É essencial que o RH garanta que esse nível de confiança seja um ponto alto a favor dos seus funcionários. Cada vez mais o alinhamento entre propósito da empresa e dos funcionários é essencial para uma parceria de longo sucesso.

Educação corporativa

Investir em educação corporativa é tendência no Brasil. Segundo um estudo feito pela Deloitte, das 126 entrevistadas, cerca de 28% já aplicam estratégias para capacitação profissional em seu ambiente de trabalho e, dos 72% restantes, cerca de 25% delas têm interesse em investir nesta área. Na era digital, treinamentos e tecnologia são pontos que se cruzam, pois a forma de ensinar e aprender mudou – e está cada vez mais online. O colaborador não precisa mais sair de casa e se deslocar até o local do curso presencial para obter um treinamento ou curso. Ele pode fazer ao longo do dia, no meio de suas tarefas ou no seu melhor horário para ter um aprendizado contínuo e específico para suas necessidades. E isso também torna o investimento em tecnologia uma tendência para 2020 e uma das apostas dos profissionais da área de Recursos Humanos, principalmente para automatizar processos, contratação, eficiência, trazendo muito mais produtividade e tempo para a gestão.

Avaliação de desempenho

A avaliação de desempenho é uma ferramenta de gestão de competências que permite ao RH acompanhar de perto o desempenho, satisfação e motivação no trabalho de cada integrante do time. Por meio da avaliação de desemprenho, os colaboradores podem ter uma visão mais clara de como a sua performance será medida, trazendo elementos mais objetivos de análise tanto para líder, quanto para liderados. Assim, os gestores podem dar um feedback mais preciso sobre a execução das tarefas dos colaboradores. Esse movimento pode aperfeiçoar dificuldades, identificar pontos de melhorias, reconhecer bons resultados e etc.

Indicadores de RH

Turnover foi o indicador mais acompanhado pelos profissionais do RH em 2019, com 58,88% de uso, já o Absenteísmo ocupou o segundo lugar com 56,12% de uso, Nível de confiança do colaborador com 49,49%, SLA de contratação com 38,27% e Percentual de capacitação com 35,2%.

Experiência do colaborador

Pensar no desenvolvimento de experiências positivas para o colaborador pode trazer grandes benefícios para ambos os lados. Colaboradores valorizados e envolvidos tendem a ser mais produtivos e dedicados no crescimento dos negócios. E essa produtividade não vem só do retorno financeiro, porque atualmente os profissionais também valorizam o propósito e a cultura da empresa. Contar com times multidisciplinares é um novo jeito das empresas se organizarem para oferecer novas propostas. Equipes diferentes podem trocar experiências e networking, aumentando a integração aos projetos.

Conclusão

Todos esses pontos e aspectos fazem com que sejam tendências para o ano de 2020 na área de Recursos Humanos. E por isso é importante conhecê-las e se adaptar dentro da realidade da sua empresa, usando este resumo. Após, isso o planejamento para ter como um norte e passá-las para a equipe, motivando-os e fazendo com que o desempenho aumente cada dia mais. Tendências vem e vão, mas estar de olho nelas podem te ajudar a ficar um passo à frente e alinhado com as melhores práticas de RH. Empresas e colaboradores saem ganhando.

Posts Relacionados

Open chat
1
Olá, podemos te ajudar?
Powered by